Explore
Sign Up
Login

Vanessa Angelo

PO# 37212
Brazil
Brazil
Escrever é parte do que sou.
October 14, 2017
 

Crescimento (Vanessa Angelo)

Eles se vão
Muito rápido
E mesmo que
Haja um esforço
Sobre humano
Ninguém pode
Segurar o tempo

O tempo
É bicho solto
É moleque
Que brinca na rua
Corre atrás da bola
E não para
Não para - nunca - de passar

O tempo
Os carrega pra longe
Os cordões
Antes tão firmes
Dissolvidos estão
Crescer
Dói

Os castelos
Com seus enormes salões
Não parecem mais
Tão grandes
Para os atravessar
São necessários
Poucos passos

A janela aberta
Por onde passa
O sol
Por onde passa
A lua
Também passa
Você

TRAIN YOUR BRAIN DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
October 14, 2017
 

Meu Grande Amor - Vanessa Angelo

Você é um rapaz agora
Precisa ser destemido
Precisa saltar além das fronteiras
Desse mundo louco
Mas que também pode ser maravilhoso
Excluisivamente maravilhoso pra você
Não pense que deixarei de estar ao seu lado
Em um único momento sequer
Você sempre poderá chamar por mim
Sempre que eu ouvir seu chamado
Virei de onde estiver, a hora que for, de quão longe for
Para estar ao seu lado
Talvez não possamos mais assistir filmes,
visitar museus,
cantar canções,
viajar por aí,
viver aventuras...
Mas sempre teremos nosso tempo juntos
Tudo estará guardado em nossa memória
Protegido de assaltos desavisados
Sei que nunca existirão abraços suficientes
Para saciar no...

TRAIN YOUR BRAIN DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
October 14, 2017
 

Sussurro - Vanessa Angelo

Páginas em branco
Clamam pela tinta
Envelhecida
Envelhecida é a memória
De um tempo
Que não volta mais
E o jardim
Do esquecimento
Fecha as portas,
As janelas,
E suas frestas
Na vã tentativa
De guardar
O despertar
Que contém
Um breve lampejo
De inocência
As lembranças
Inda tão presentes
Os vestígios das manhãs
As despedidas
Ao cair da noite
São como vento suave
Soprando pensamentos
Terras remotas
E distantes
Acalmam
O coração já cansado
Os moinhos que movem
As horas
Soam a meia noite
Entregue a um sono
Profundo
O cair da tarde
Avermelhada
Presenteiam
As pálpebras
Com o repouso
Eterno
E eterno é o instante
De sonhar.

TRAIN YOUR BRAIN DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
October 1, 2017
 

Estações  
de Vanessa Angelo
(para Valéria Cezario Ribeiro)

A vida nem sempre fora
um sol de verão
inaugurando dias
de absoluto contentamento

A primavera
trouxera presentes
inesperados
surpreendentes

Surpreendentes
sempre fora
suas conquistas
eloquentes

O outono
trouxera calma
constante
paciente

Um dia
sem nenhum aviso
o inverno chegara
a embalando  docemente

INTERNATIONAL COFFEE DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
September 21, 2017
 

Encantamento - Vanessa Angelo

Ela abraçava árvores
Por horas
Contava estrelas no céu
Incansavelmente
Em seus demorados mergulhos
Recolhia centenas de conchinhas
De todos os ventos
De todos os mares
Conversava com os pássaros
E as andorinhas
Lhe traziam toda sorte de notícias
Costurava seus vestidos
Com as linhas imaginárias:
Alguns meridianos
E algumas paralelas
Sua casa era um castelo de areia
Que há muito tempo
Juntando suor e lágrimas
Ela o levantou
Seu filho nasceu
Com asas de anjo
Um dia essas asas cresceram
E ele voou
Mas ela
Permaneceu em seu castelo
Todas as manhãs
Ela se debruçava na janela
Esperando por uma surpresa boa
Às vezes, a surpresa chegava
Um pombo correio
Atravessav...

NATIONAL DIARY DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
September 2, 2017
 

Memórias (Vanessa Angelo)

No quintal
da minha velha casa
ainda encontro
as mesmas árvores
que embalaram
minha infância
que me fizeram sombra
e ajudaram a proteger
minha pele
do intenso sol de verão
incontáveis vezes.

Eu me deitava
nessa mesma sombra
dessas mesmas árvores
e observava os espaços
entre as folhas
desenharem rastros de luz
e essa lenta brincadeira
devorava as horas
e o tempo não apenas passava
o tempo
desaparecia.

Quando eu girava
minha cabeça
em outra direção
avistava minha mãe
estendendo imensos lençóis brancos
que a mim pareciam
telas de cinema
de olhos fechados
eu podia rever
grandes cenas
e nelas me perder

Essa velha casa
me presenteou
com tantas alegrias
me pôs nos prime...

BARBARA BARTKIEWICZ
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
September 1, 2017
 

Reticências (Vanessa Angelo)

A vida é escrita com reticências
e com reticências o corpo é enterrado
nada se encerra de fato

As palavras se estendem bem mais
as interpretações dançam
de acordo com o tempo

Há mais poesia
num verso reticente
e mais folhas abandonadas
de um Outono amarelo

Com esse futuro tão incerto
certamente brotam
mais páginas em branco

Onde há sempre a possibilidade
de se escrever
ESPERANÇA...

BARBARA BARTKIEWICZ
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
September 1, 2017
 

Vento (Vanessa Angelo)

Uma brisa
atravessa as janelas
do meu lugar
E o rítimo
que as árvores respiram
não é o mesmo que o meu.

A alegria e a tristeza
caminham de mãos dadas
num parque qualquer
e de vez em quando
brincam de esconde-esconde.

E eu
observo conformada
as folhas do Outono
desaparecerem
carregadas pelo vento
Desejando ardentemente
ser carregada por ele
também.

BARBARA BARTKIEWICZ
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
August 28, 2017
 

Colheita - Vanessa Angelo

Planejo dias
Que não sei se vão chegar
E noites
Que não sei se vou poder dançar
Escolho as horas da minha dor
E as horas dos meus sorrisos
Insistindo na ilusão
De ter tamanho poder
Sei que posso escolher o ritmo
Dos meus passos
Talvez a direção da encruzilhada
(aquele beco ou esquina)
Mas o destino final nunca é meu
São consequências das minhas escolhas
Nessa matemática implacável e cruel
Pago eu, paga você:
Todos colhemos o que plantamos.
.

NATIONAL DOG DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
August 27, 2017
 

Meu Grande Amor - Vanessa Angelo

Você é um rapaz agora
Precisa ser destemido
Precisa saltar além das fronteiras
Desse mundo louco
Mas que também pode ser maravilhoso
Excluisivamente maravilhoso pra você
Não pense que deixarei de estar ao seu lado
Em um único momento sequer
Você sempre poderá chamar por mim
Sempre que eu ouvir seu chamado
Virei de onde estiver, a hora que for, de quão longe for
Para estar ao seu lado
Talvez não possamos mais assistir filmes,
visitar museus,
cantar canções,
viajar por aí,
viver aventuras...
Mas sempre teremos nosso tempo juntos
Tudo estará guardado em nossa memória
Protegido de assaltos desavisados
Sei que nunca existirão abraços suficientes
Para saciar no...

NATIONAL DOG DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
August 3, 2017
 

Colheita - Vanessa Angelo

Planejo dias
Que não sei se vão chegar
E noites
Que não sei se vou poder dançar
Escolho as horas da minha dor
E as horas dos meus sorrisos
Insistindo na ilusão
De ter tamanho poder
Sei que posso escolher o ritmo
Dos meus passos
Talvez a direção da encruzilhada
(aquele beco ou esquina)
Mas o destino final nunca é meu
São consequências das minhas escolhas
Nessa matemática implacável e cruel
Pago eu, paga você:
Todos colhemos o que plantamos.
.

ANNE FRANK
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
July 31, 2017
 

Sem nome (Vanessa Angelo)

As ruas dessa cidade
Que não é minha
Os faróis dos carros
Que me iluminam
Provisoriamente
E não são meus
Partidas e chegadas
Despedidas
Abraços feitos de laços
Que desatam
Ao sinal do embarque
As rodas dos transportes
Que não param de girar
A cadência torturante
Do trânsito das ruas
Da tal cidade que não é minha
Todos os bancos ocupados
Por crianças que deixaram
Alguém sem acento.

WORLD WIDE WEB
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
July 30, 2017
 

Nada (Vanessa Angelo)

Era possível
Notar uma certa melancolia
Nos seus braços
Pendendo
Paralelos ao seu quadril

Havia uma tímida
Tristeza
No modo
Como suas pernas
Se encolhiam e se esticavam
A cada passo
Que ela dava

Até mesmo
O balançar ritmado
Dos seus cabelos
Era vagaroso
E deprimente

O tom da sua pele
Desbotada
Áspera
Desidratada
Despertava
Compaixão

Não havia coerência
Na contagem
Dos seus anos de vida
Muitos deles
Haviam sido abreviados
Por causa
Da solidão
Que ela carregava
Em seu colo

WORLD WIDE WEB
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
July 28, 2017
 

Sonhos Açucarados - Vanessa Angelo

Hoje é um dia de sol
a brisa dança
diante de meus olhos

Meu filho
rola na grama molhada
pela garoa da tarde

Minha mãe dizia:
sol e chuva
casamento de viúva

Quem casa
não está mais sozinho
será?

Só sei que
sonhos açucarados
me trazem sorrisos

E que as tristezas
me trazem
poemas

NASA
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
July 23, 2017
 

A Alma Não Envelhece - Vanessa Angelo

Uma vez na semana
De alma lavada
E coração  estouvado
Ela repousava seu corpo
Num banco de praça
Deitava papel e lápis
E fazia uma lista
De suas próximas aventuras
A idade limitava as escolhaa
Mas isso jamais deixou
O desânimo ganhar lugar
Suas costuras e pespontos
Traçaram caminhos memoráveis
Durante algum tempo
Sua vida foi uma festa
Como borbulhas de champanhe
Na fruta cor de suas transparências
O vestido vermelho
Embora um tantinho desbotado
Estava sempre pronto
Para dar uma volta
A solidão fez ameaças
Algumas vezes
Outras, o medo do amanhã
A assustou
E mesmo com as articulações
Gastas e doloridas
Era um imenso conflito constatar
Que a alma não ...

ONE GIANT LEAP FOR MANKIND
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
July 15, 2017
 

Despedida - Vanessa Angelo

Há tanto
Que não sou capaz
De dizer
E a luz
Do por do sol
Que só aparece
No fim daquela
Estrada de ferro
Da cidade onde nasci
Não é mais a mesma
Também eu não o sou

As janelas
De perciana azul
Cortinas de renda
Amareladas pelo tempo
Não estão mais abertas
Nem acontecem mais
As festas na pracinha
Os moços esqueceram
As canções de serenata
As moças foram embora
Ou morreram

Os avós estão muito velhos
Os pais também
O realejo está calado
E a sanfona perdeu
Sua harmonia
Pássaros se escoderam
Nas copas das árvores
Eu me escondi também
Depois de tudo ouvi dizer
Que deram adeus
À poesia

EINSTEIN
Thumb_1469418563
PO#37212
2
0
June 27, 2017
 

Vida Roubada - Vanessa Angelo

Um corte na garganta
Pode ser lento
É necessária precisão
Para o sucesso

Que dor imensa
Deve sentir a rosa
Quando em seus primeiros tempos
Espinhos rasgam seu caule

E ao sentir
As primeiras gotas de chuva
O sangue escorre invisível
Porém impondo sua presença

A cegueira
Faz das infinitas imagens
Ausência
Notada em sombras

O corpo
Se dissolve
Em cada parte
Da vida que se vai...

Que se abandona...

E que se rouba...

HARRY POTTER
Thumb_1469418563
PO#37212
0
0
June 25, 2017
 

Bolsa Amarela (Vanessa Angelo)

Carrego sempre comigo
Uma bolsa muito grande
Precisa ser grande
Pois tenho muito
O que guardar
São muitas luas
Muitos lugares
Por onde andei
Muitos pincéis
E tintas
Lembraças amargas,
Doces
Pessoas que cresceram tanto
Que não pude mais guardar
Em minha bolsa
Já outras
Continuam encaixando direitinho
Cá dentro
Tem também os souvenirs
De amor e ódio
As primeiras palavrinhas
Do meu filho
E as minhas primeiras lágrimas
Com entendimento
O calor do abraço
Da minha mãe
E o vento gelado que ficou
Depois que ela se foi
Há também os primeiros ferimentos
Compartilhados com os amigos
De infância
O primeiro mergulho no mar
E a sensação do sorvete
Explodindo no céu da b...

TYPEWRITER DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
0
0
June 25, 2017
 

Portas e Janelas (Vanessa Angelo)

Prefiro janelas
Portas a mim parecem
Demasiadamente altas
Depois de fechadas
São mais difíceis de atravessa-las
Janelas são convites
Para alçar vôos
Sem nenhum planejamento
São inspiração para saltos
Voltando o olhar para o alto
Vemos o céu
Existe espaço mais inexplorado?

Nunca vi serenata ao pé
De uma porta
Nem realejo
Nem namorado
Moça vestindo renda
Aparece na janela
Pra que portas?
Só servem para bater
E sempre deixar alguém atrás
Numa despedida cinzenta.

TYPEWRITER DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
0
0
June 25, 2017
 

Outono I (Vanessa Angelo)

Dias assim
é preciso lavar os olhos
para desembaçá-los
espurgar a areia
aliviar os pensamentos
despejando-os no papel.

Caminhar pelas ruas
fotografar o dia e a noite
desvendar os segredos
guardados nas nuvens
esconder a realidade
libertar os sonhos.

Em dias assim
o outono corre com os rios
desenha as paisagens
colore os céus
e os homens e as mulheres
encontram mais poetas

TYPEWRITER DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
0
0
June 20, 2017
 

Seus filhos não precisam, necessariamente, vir de você; mas necessariamente precisam passar por você.

Vanessa Angelo

SELFIE DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0
June 19, 2017
 

Um Poema - Vanessa Angelo

Hoje decidi:
Vou fazer um poema
Deitarei lápis e papel
Na minha mesa de memórias
Vou lembrar como são claros
Os meus dias ao seu lado
O tanto que é e sempre será imensurável
O meu amor ppr você
Vou perpetuar os passeios na pracinha
A sensação de conforto
Ao perceber sua mão tão pequena
Envolvida pela minha
Vou declarar pra esse imenso mundo
De meu Deus:
Nada é mais forte do que nós
Escreverei com fotografias
As lembranças de aventuras e viagens
Em folhas de papel canson
Vou desenhar suas lágrimas
E os seus sorrisos
Que o tempo colecionou
Está decidido:
Vou fazer um poema
E este se chamará Miguel

HAPPY FATHER'S DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
0
0
June 6, 2017
 

Sussurro  - Vanessa Angelo

Páginas em branco
Clamam pela tinta
Envelhecida
Envelhecida é a memória
De um tempo
Que não volta mais
E o jardim
Do esquecimento
Fecha as portas,
As janelas,
E suas frestas
Na vã tentativa
De guardar
O despertar
Que contém
Um breve lampejo
De inocência
As lembranças
Inda tão presentes
Os vestígios das manhãs
As despedidas
Ao cair da noite
São como vento suave
Soprando pensamentos
Terras remotas
E distantes
Acalmam
O coração já cansado
Os moinhos que movem
As horas
Soam a meia noite
Entregue a um sono
Profundo
O cair da tarde
Avermelhada
Presenteiam
As pálpebras
Com o repouso
Eterno
E eterno é o instante
De sonhar.

D-DAY
Thumb_1469418563
PO#37212
1
0