Explore
Sign Up
Login

Vanessa Cardui

PO# 496741
Portugal
Portugal
www.borboletrasdecardui.blogspot.com
December 15, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Animal mais do que o humano
Animal que dá todos os dias
Em vez de ano a ano
Animal que por ser animal é irracional
E humano é racional
E é o reverso da medalha
Num mundo sem igual
Em que o animal se torna mais humano
E se trata bem mais por mano
Do que muito ser humano que não aprecia
Por não se lembrar que depois do dia
Depois dela vem a noite
E com ela a solidão
Imaginemos tal situação
Em animais abandonados
Que nenhum mal fizeram
A não ser serem animais
Em comparação a certos seres humanos
São bem racionais
Vanessa Cardui (

Thumb_letter_signature_1544850606
MERRY CHRISTMAS
Thumb_1482720584
PO#496741
0
0
December 14, 2018
Mealhada, Portugal

Já não dói
Mas corrói
Anestesiou
Parou
O tempo ficou em ti
E eu penso que me esqueci
Como é o tempo sem ti
Parado e quebrado
Atirado à mercê
Do meu persistente porquê
À tua ausência já tão penosa
Que para não ser assim
Penso que foste fazer
Uma viagem sem fim

Vanessa Cardui
(In “Ao Nunum”)

Thumb_letter_signature_1544752526
ORIGINAL
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 13, 2018
Mealhada, Portugal

Privado é a intimidade
Privado é a individualidade
Privado é o nosso sentimento
Trabalho não é privado
Hobbie não é privado
Lar não é privado
Privado é ser humano
Privado é ser individual
Privado é ser original
É viver a nossa vida
Sem igual
Sem medidas
Sem limites
Contando apenas connosco
Com aquilo que é privado
Com aquilo que nos é privado

Vanessa. Cardui

Thumb_letter_signature_1544667532
MERRY CHRISTMAS
Thumb_1482720584
PO#496741
4
0
December 13, 2018
Mealhada, Portugal

Uma cadeira ali sentada
No meio do vazio
E ali tanto frio
Tal é a poeirada
Que falta o brio
E a cadeira ali sentada
Sem nada e sem frio
Sentada e acomodada
Sozinha e com tanto espaço
Abandonada
Feita num caco
Uma cadeira sozinha
Sem pessoa nem vizinha
Uma cadeira solitária
Na sua vida diária
Com tanta casa
Tão pouco para fazer
O estar apenas sentada
Sem ninguém e só a ver
Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544667249
MERRY CHRISTMAS
Thumb_1482720584
PO#496741
0
0
December 12, 2018
Mealhada, Portugal

E aqui estou eu
Uma partícula de pó
Sem piedade nem dó
Poeira de um ser
Sem parecer querer
Pó de crença em ficar
Por querer tanto viver
Por querer tanto gritar
E aqui estou eu para ficar
Uma partícula de pó
Que vai com o vento
E desaparece com o tempo

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544581641
MERRY CHRISTMAS
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 12, 2018
Mealhada, Portugal

Deixas tanto de mim no céu
As nuvens não estão no meu caminho
Abres a porta da natureza
Mostras-me a real beleza
Daquilo que fizemos o nosso cantinho
Deixas tanto de mim na terra
Os obstáculos são transpostos na vez de chorados
Os medos escondem-se e dão conta dos nossos actos
Mas tu mostras-me o caminho perfeito
Aquele caminho que sem ti não tem jeito
Aquele caminho que mesmo com pés descalços
Não há picos no chão, nem pedras nem encalços
E aquela rotunda onde nos encontrámos
E aquela praia onde nos fundimos
E este amor que tanto procurámos
E a terra e o céu em nós sentimos

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544581492
MERRY CHRISTMAS
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 11, 2018
Mealhada, Portugal

Ela abriu os olhos e viu que afinal não era bem assim como ela julgava ser. Que a vida não era só ganhar independência e autonomia. Esqueceu-se que aquele momento por que tanto ansiava não lhe trazia a felicidade da vida mas sim uma maior solidão .
Descobriu que para ser sozinha , afinal precisava de mais do que aquilo que julgava. E ficou sem chão, metaforicamente, na sua nova casa.

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544494292
COZY FALL
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 11, 2018
Mealhada, Portugal

Dizem que um raio nunca cai duas vezes no mesmo sítio. Mas cai. Às vezes cai. E pode cair dezenas de vezes, mas nunca no mesmo sítio . É nesses casos em que acontece a hora errada no sitio errado, e é nessas horas que nos sentimos apertados.
Dizem que um raio nunca cai duas vezes no mesmo sítio. E é bem verdade. Nunca cai no mesmo sítio nem que nos estiquemos todos, mesmo que até nos deixemos ser apanhados por ele, no caminho. Um raio que destrói quando cai e abala quando vai. Estranho que o catano de um raio pode até nem nos cair em cima, mas cai sempre em cima de alguma coisa, e deixa sempre mossa..

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544491681
COZY FALL
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 10, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

E tu ali tão escondida
Mas a quereres mostrar-te
Ali com brilho e vida
Mas acanhada por se julgar pequena
Crescente em luar
Céu que nem precisa de estrelas
Para se iluminar
São estas as raras belezas
Que nos traz o céu
E o ar que respiramos
Em que a lua vem ao nosso encontro
Envergonhada mas com brilho para se fazer ver
Pequena ao aparecer mas só até certo ponto
Não há melhor forma de viver
Que ver o que acontece depois
Depois do anoitecer
Sou noctívaga
E não é defeito a defender
É feitio por querer
E é por isso que aprecio a noite
Porque é bonita sempre
Mesmo que esteja a chover
E não é que já vi sol de noite
Um dia, sem querer?
Mas não digam a ninguém
Hei-de voltar ve...

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
2
0
December 9, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Vento cá dentro
da nossa cabeça
fora do tempo
que não demora
carros que passam
a velocidades de rasgar o vento
Vento simples
Que nos traz daqui para fora
e que nos leva embora
para sempre em todo momento
aqui e agora
És de cá mas não estás cá
Parece que vens de fora
Pareces estrangeiro
E o pior é que o tempo
É passageiro
E vai ao nosso lado
Vai connosco de braço dado
E leva-nos
Pela vida
Arriscada ou facilitada
Até nos podemos perder já estrada
Mas voltamos onde temos de voltar
Porque assim tinha que ser
E se não fosse
Era porque não era para ser

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1544329959
BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 9, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Peco-te que me perdoes por não ser a mulher perfeita. Peço que me perdoes por ter menos qualidades que defeitos. Pelo desculpa por não saber ser mais nem melhor do que ser ser... como eu sempre disse, podem pedir-me tudo, menos para ser outra que eu não sei ser. E sei que apesar de não ser perfeita sei que sou o que queres que eu seja, e vice-versa, sem filtros. Eu até podia viver sem ti até saber que para mim estavas destinado , mas depois de acontecer nada mais posso fazer a ser eu inteira, contigo, que és quem mais o merece e que mesmo que eu seja aquilo que querias que eu e só eu fosse; desculpa-me, perdoam-me por não atingir o supremo do teu ideal de perfeição. Queria ser melhor, melhor ...

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 8, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

No entanto, ela ainda sentia algo que a ligava ao seu antigo lar. De uma peça em concreto, um fio de prata pouco valioso mas simbolicamente forte para significar algum tipo de vazio na sua vida. Esse fio era do seu avô, que lho tinha deixado bem apertado na sua mão, poucas horas antes de partir. E partiu com Deus mas sem o seu fio que deixou com ela, e ela não teve simplesmente coragem de o colocar até que se passasse toda esta mudança, de vida, de rumo, de lar. Neste momento o luto estava feito e a sua maior missão rumo à felicidade era apenas e só ir buscar o fio e colocá-lo. Já era hora. E assim foi. Foram três horas de caminho mas esse percurso foi feito a cantarolar as músicas boas e viv...

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 7, 2018
Mealhada, Portugal

Depois do medo vem a apreensão
Depois da calma vem a energia
Depois da cozedura vem a fervura
Depois da vida a morte
Depois da paixão o amor
Depois do amor a paixão
Mas depois tudo se mistura
No corropio que é a vida
Na acidez que são muitas das saídas
Das quais não nos restam opções
Se ultrapassámos foi porque pudemos
E assim seremos enquanto pudermos ser
No fim é isso é que nos faz valer

Vanessa Cardui
(Poesias Vadias)

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
4
0
December 5, 2018
Mealhada, Portugal

Pecaminoso é não ver maldade e havê-la! Pecaminoso é pecar e saber que se pecasse mais era menos julgada. Porque na verdade pecamos como todos os outros, como toda a gente peca. Pecaminosa é a vida. Puta de vida pecaminosa e madrasta tanta vez que parece gente e mais gente que nós... mas não.. a vida serve-se de nós para ter vida e somos nós que damos vida à vida...a vida só o é quando o somos, pois só existe enquanto existirmos e enquanto soubermos viver !

Vanessa Cardui

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
2
0
December 5, 2018
Mealhada, Portugal

O quentinho
O quentinho dos corpos
O quentinho no quentinho
Quando o frio está lá fora
Tão perto e tão longe
Num tempo que não demora
E nós aqui quietinhos
E nós aqui quentinhos
Onde o desconforto não mora
Porque estamos juntos
Porque estamos de mãos dadas
De narizes colados e pés embrulhados
E assim é o nosso quentinho
E é no nosso quentinho
Que temos o nosso cantinho
Quente, sempre quente
Somos o lar um do outro
E termo-nos não é nada pouco

Vanessa Cardui

ORIGINAL
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 4, 2018
Mealhada, Portugal

Trouxe de lá uma ganesha. Trouxe uma ganesha cravada em mim, e foi de lá que a trouxe... de Bali. A ilha dos amores, a ilha dos deuses, perfeita como a pureza da humildade daquele incrível povo. Trouxe um bloqueio na minha perna esquerda, a do lado do coração, para que assim todos os obstáculos que possam surgir sejam imediatamente bloqueados. Pode ser pequena, a minha perna, mas sempre teve força... agora tem a força de um elefante! Mas este é diferente, é ainda mais sagrado! É a ganesha ! A ganesha que tanto simboliza e tanto me ensinou a receber os maiores lemas que devemos ter sempre na vida: - pensar em grande é melhor ; concentração através do nosso olhar; aprender a falar menos e a ouv...

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 3, 2018
Mealhada, Portugal

Veneno. Não daquele que se procura mas daquele que se encontra sem darmos por ela. O veneno anda por aí, cravado na sociedade e na mente das pessoas que vivem num mundo tenebroso e cada vez mais impiedoso! O veneno que se encontra por detrás de coisas bonitas, coisas que parecem reais; mas ou não são e provocam alucinações, ou são e passam a realidades duras e penosas. Coisas que até eram ou pareciam bonitas e vamos a ver e estavam cravadas de veneno! E até podemos não ter apanhado intoxicação por termos carne de cão, mas há sempre aquele dia em que o veneno intoxica tanto ou tão pouco que a salvação é livrares-te do mal... ámen

Vanessa Cardui

BE BRAVE
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 2, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Metade de mim. Metade da minha pessoa, pequenina e espevitada, calejada de repisada na vida e, por isso, determinada e obstinada nas decisões. Precipitação de pensamento? Muito! Precipitação em acções não é exequível, para mim! Logo não há decisão que não seja apenas e só em nosso prol. Todas as nossas decisões em nosso prol. Todas as decisões valem a nossa vida, mas às metades. Cabe-nos a nós desperdiçá-las ou não..e é das metades que se fazem as inteiras e é pelas inteiras que a vida vale a pena. E se nós somos metade, a outra metade é a nossa vida.. ora bem!

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543712451
THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 1, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Queria parar o tempo
Mas não parado
Que continuasse a andar
Mas estagnado
Dos momentos que se eternizam
Dos momentos lindos e felizes
Das mãos entrelaçadas até ao pôr-do-sol
Dos carinhos impagáveis e quase transcendentes
Nada nesta vida é como queremos
Mas nós somos
Somos o que ambos pretendemos
E muito mais
Somos unos
Capazes de mudar o mundo
Sem que ele se mexa
Sem que o tempo pare
E ande na mesma
Mas que pare só para nós

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543703304
THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
December 1, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

O nosso lar é dentro de nós, não pode ser em mais qualquer um outro lugar que não seja dentro de nós. O nosso lugar é cá dentro. O lugar de cada um é sempre dentro de cada um e é dentro de cada um que encontramos o nosso lar, o nosso verdadeiro lar, o nosso verdadeiro eu, a nossa verdadeira morada, a nossa identidade, a nossa casa. Nós somos a nossa casa. Se não fossemos, que seria de nós?! Quem seríamos, então, nós, para viver? Com que legitimidade viveríamos? Estranha dicotomia, difícil aceitação ... mas o lar mora cá dentro e não é com empréstimos, nem remodelações que os alicerces se sustentam, mas com aquilo que há para dar...e o que está cá dentro conta muito mais do que o que está lá f...

THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 30, 2018
Mealhada, Portugal

Noites escuras
Corpos deambulantes
Ruas frias
Caminhos que brilham
Já é Natal pelas ruas
Mas não cá dentro
Não o encontro
Fora das ruas
Dos caminhos que ma guiam
O Natal ainda não mora cá dentro
Respeito o Natal e lamento
Vou sozinho por aí fora
A ver se me aguento
E diga com veemência
O Natal já cá mora

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543541672
THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
3
0
November 28, 2018
Mealhada, Portugal

Conta-me. Conta-me como foi aquele dia em que te compunhas para mim, para um dia sem fim. Conta-me como sentiste o teu coração acelerado de pensar que algo  pudesse estar mal engomado. Nesse dia não houve nem podiam haver gelhas.A expectativa era tudo estar perfeito e o resultado foi de encontro à expectativa. Mas que bela expectativa! Mas que belo sonho tornado realidade! Mas que cumplicidade a nossa que nunca foi preciso falarmos nesse dia, detalhadamente, pois sabemos como ambos o vivemos intensamente. E tão puro! Tudo tão puro e descontraído como é o nosso amor e como foi o nosso laço!
Mas conta-me como foi, conta-me qual a sensação de me perderes por umas horas para depois me teres junt...

THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 27, 2018
Ericeira, Portugal

Alma. A minha alma perdida e esquecida de mim. A minha alma que ficou perdida e não sabe de ninguém, nem onde vai dar aquela estrada além! Não sei de nada nem tão pouco da minha alma. Desconcertante mas realista e a minha alma a assistir à morte do artista. Alma sem sombra, Vento sem pó, nuvens transparentes, água de terra, alucinações de uma alma gasta e cansada de tanto sofrer e de se saber tão forte e inquebrável!

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543284957
THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 27, 2018
Ericeira, Portugal

Hoje vou falar das sombras que se encontram pelo mar. Hoje quero falar na força que as ondas têm e podem ter. As ondas podemos ser nós e podem estar em nós. Lembro-me de uma onda que trouxe a nossa sombra, os dois juntos, e era só a nossa sombra, nada mais em redor... e era o nosso amor e a nossa sombra e aquela onda. E a nossa sombra perfeita. E a nossa alma à espreita. E um pôr-do-sol que se deita, uma praia ao entardecer. Nós ali sem estarmos e a praia a mandar-nos estar ali. E não é que estávamos? E não é que estivemos? E não é que a fotografia apanhou? E é assim o nosso amor..levado com esta e com todas as ondas, a nossa sombra vai e o nosso brilho fica para alumiar a noite.. e juntos, s...

THE BEST IS YET TO COME
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 26, 2018
Ericeira, Portugal

O amor cresce nas árvores,cresce no verde primeiro, depois em nós. O amor cresce de dentro para fora e não de fora para dentro... o amor cresce nas árvores e cada dia é quase uma dezena de anos numa árvore, por isso é que as árvores são centenárias e nós não... aguentam o amor de tudo e de todos, vivem mais não sei quantas vidas e o ofício delas é única e exclusivamente este - receber amor para transpirar amor e assim propagar amor por aí, pelos demais corações que por vezes andam com falta de orientação e não se sabem guiar pelas coordenadas nem pelos sinais. O amor cresce nas árvores. E quem ama e planta uma árvore?! É com que intuito?! Uma árvore cresce sem pedir, mas um amor fazer crescer...

HAPPY THANKSGIVING 2018
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 25, 2018
Ericeira, Portugal

O nosso lar é dentro de nós, não pode ser em mais qualquer um outro lufar que não seja dentro de nós. O nosso lugar é cá dentro. O lugar de cada um é sempre dentro de cada um e é dentro de cada um que encontramos o nosso lar, o nosso verdadeiro lar, o nosso verdadeiro eu, a nossa verdadeira morada, a nossa identidade, a nossa casa. Nós somos a nossa casa. Se não fossemos, que seria de nós?! Quem seríamos, então, nós, para viver? Com que legitimidade viveríamos? Estranha dicotomia, difícil aceitação ... mas o lar mora cá dentro e não é com empréstimos, nem remodelações que os alicerces se sustentam, mas com aquilo que há para dar...e o que está cá dentro conta muito mais do que o que está lá f...

HAPPY THANKSGIVING 2018
Thumb_1482720584
PO#496741
0
0
November 25, 2018
Ericeira, Portugal

Pensamentos mirambolantes
Anéis tão familiares
Bateres de coração apressados
Momentos eternos e calados
Tempo que voa sem darmos conta
Para os outros pensas que és boa e afinal és tonta
Porque te esqueceste de cuidar de ti
E de repente nem te deste conta
Porque o tempo passa a correr
Nenhum olho que vê o consegue ver
A não seres tu
Nos passos que dás
Na tua vida
Olhas para ela
E passou de gás
Mas tu vês a saída
E vais
Depressa
Ou sorrateiro
Mas só de meias
Para que no degrau acima
Te possas calçar
E assim o futuro
Consigas alcançar

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543116678
ORIGINAL
Thumb_1482720584
PO#496741
0
0
November 24, 2018
Ericeira, Portugal

Explosão no céu
Inversão de marcha
Estradas mal iluminadas
Estrelas dispersas
Nevoeiro sem deixar ver
Olhos que a terra há-de comer
Tragédias a acontecer
Tanta gente a morrer
De carro e por aí
Quando só querem viver
Aqui nesta vida com fim
Vida de ápice e de prego a fundo
Se parares não serás dono do mundo
Erupção
Câmara lenta
Capacidade atenta
Luzes fuscas
Stress acumulado
Um querer impossibilitado
Os quatro piscas ligados
Os peitos angustiados
E gritos engolidos
Corpos chorados
Cheiro a gente inconsciente
De tanta maldade... Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543103552
HAPPY THANKSGIVING 2018
Thumb_1482720584
PO#496741
1
0
November 24, 2018
São Martinho do Bispo, Portugal

Sou grata. Grata por me ter casado este ano, com o homem com que pensei perdido toda a vida. E grata por ter feito, a par com ele, e de mãos dadas, a viagem mais incrível de sempre, a Bali, que rica terra e povo, não em riqueza material mas em riqueza espiritual. Ficános gratos, rezámos, viemos de lá a respeitar a religião e trazendo memórias e traços eternos de lá.
Gratidão, é o que se deve ter todos os dias da nossa vida.

Vanessa Cardui

Thumb_letter_signature_1543023407
HAPPY THANKSGIVING 2018
Thumb_1482720584
PO#496741
2
0
November 20, 2018
Mealhada, Portugal

Hoje é dia de acordar cedo com o cheiro a comida... é dia de tomar um pequeno-almoço digno de pequeno-almoço e de beber um sumo natura de laranja doce, daquela tão doce que nem precisa de açúcar; e, se precisar, só açúcar amarelo... dizem que faz melhor e eu até concordo... logo, faço o que acho melhor...
Hoje é dia de acordar com os olhos inchados e papudos porque ontem virámos duas ou três garrafas de vinho, sem querer...
Hoje é dia de saber que não há mais para fazer do que o nós que é tão importante e cada vez mais é, cada vez mais. Sabemo-lo nós porquê.
Hoje é dia que mesmo que chova, cheira a praia, a maresia e aos pontos verdes que saem das fotografias que tiramos pagãos lados do mar...

HAPPY THANKSGIVING 2018
Thumb_1482720584
PO#496741
2
0